sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

 

Sofia

9 Dez 2011 - Esta menina teve de ser eutanasiáda. Lamentamos mas não conseguimos fazer nada por ela.

4 Dez 2011 - Temos más noticias, o problema deste menina é um tumor que lhe está a desfazer a mandibula. Não há mt a fazer :-(




Uma gatinha que está na rua em sofrimento faz tanto tempo e ninguém se dignou a ajudá-la. Não conseguimos compreender como é que estas coisas acontecem, como é possivel virarem a cara para o lado ou dizerem que não a podem ajudar. Um caso destes tem de ser ajudado, ponto final!!
Uma orelha está cheia de feriadas, a outra quase não existe. O pescoço está como podem vêr nas fotos :-(
Quando a recebemos e a levámos ao Vet falamos em eutanásia, mas como é que é possivel autorizar a eutanásia a uma gatinha que só ronrona e dá turrinhas, que se limpa e come como gente grande. Não conseguimos. Está a ser medicada e vamos vêr como reage.

Etiquetas: ,


Comentários:
Ema coração enorme.
Nem esperava outra coisa de si. Faz muito bem- 1º tenta melhorar o problema da gatinha pq infelizmente as pessoas fingem que não vêem e depois resolve-se o resto. Felizmente temos ainda pessoas que não vão pelas belezas e ela arranja um lar que a ame. Bj
Mitó(Antónia
 
Coitadinha da gatita...Está num estado deplorável...Espero que melhore rapidamente! Vão dando notícias!
 
Olá Ema. Acabei por espreitar aqui a gatinha. Estava a tentar não ver mas não resisti. Ainda bem que ainda há jovens como a nossa querida Inês, que não desistiu de a apanhar, foi pena ela não ter ído há mais tempo ao sitio onde ela estava (Paradão/Inatel) porque agora quando falo dela às pessoas aqui de Oeirs, muitas já a conheciam com as orelhas numa miséria.Só se preocupavam em a alimentar, nunca ninguém perdeu um pouco do seu tempo para fazer o que fez a Inês. Que país este!! merecem é estar não sei onde. Tenho vergonha de ser Portuguesa que gente mal formada, insensivel etc.etc.
 
Nao sei como as pessoas conseguem ficar indiferentes perante situaçoes como estas, nao entendo como conseguem ser tao fracas e despreocupadas... Boa sorte gatinha... Bem haja a quem a encontrou e lhe deu uma segunda hipotese.
Cumprimentos,
Isabel Maia.
 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]